Comedians

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

[BLÁ DO BLEH] - Em tempos de crise, por que aceitar ganhar menos?



Com a forte desaceleração da economia no Brasil, o impacto no mercado de trabalho é inevitável: estima-se em 1 milhão o número de postos fechados no País nos últimos 12 meses. Os efeitos negativos, porém, também são sentidos pelos profissionais que conseguem se recolocar. Em alguns casos, executivos recebem ofertas menores que os salários anteriores. Daí, surge o dilema: vale a pena aceitar ganhar menos?

Para o consultor Marcelo Braga, sócio da Search Consultoria em Recursos Humanos, a resposta é sim. “Aqueles profissionais que estão em transição devem considerar que o tempo de recolocação tem sido maior e que receber um pouco menos acaba sendo melhor, no curto prazo, do que permanecer fora do mercado”, diz o especialista. “Some-se a isso o efeito psicológico positivo de estar atuando.”

Outro conselho do consultor de RH é que quem esteja fora do mercado tente enxergar a situação de uma forma objetiva e saiba lidar com o próprio ego. “O ajuste salarial é devido a uma situação momentânea do País e não a um desprestígio aos profissionais. Assim como as empresas, esta é uma oportunidade também para que as pessoas façam ajustes em seus orçamentos para se enquadrarem à nova realidade.”

Segundo Braga, a remuneração que vinha sendo praticada no Brasil era para um modelo de país que não existe mais. “O Brasil é outro. Claramente não havia como manter os níveis praticados. Total compensation, remuneração variável e mesmo o salário fixo estão sendo revisados para muitas funções. Por conta da CLT, que proíbe revisão salarial, os ajustes têm sido feitos na remuneração de entrada para novas contratações, que estão sendo encaixadas na faixa inicial da banda”, completa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares