Pesquise no Google

quinta-feira, 26 de março de 2020

[LAZER] Jogos de tabuleiro são alternativa para o período de quarentena




Famílias buscam soluções durante o isolamento social 

Os jogos de tabuleiro são alternativas de entretenimento durante a quarentena devido a pandemia do novo coronavírus, sendo possível trabalhar uma grande variedade de conteúdos, exercitando a criatividade e o pensamento lógico, além de desenvolver a cooperação e o respeito com o próximo. 

Além de desenvolver o raciocínio lógico, uma habilidade que pode ser aplicada em diversas vertentes do conhecimento, as crianças podem se divertir em um ambiente de disputa saudável e educativo.“O uso dos jogos estimula novas formas de pensar, fortalecendo e treinando a cognição”, explica Rafaela Jorge de Oliveira, coordenadora do Núcleo de Atividades Complementares (NAC) do Colégio Marista Glória.

Segundo Rafaela, essa atividade se revela importante na resolução de problemas, estratégia, raciocínio lógico, criatividade, socialização e integração. “Fora do ambiente escolar, os pais podem buscar conhecer jogos educativos que são ideais para ser jogados em casa”, esclarece a docente. 

Veja alguns benefícios: 

1. Ajudam no desenvolvimento cognitivo e social: habilidades sociais podem ser aperfeiçoadas com o uso de jogos, ajudando a integrar a criança ao coletivo. Elas também aprendem a seguir regras e compartilhar com os outros. Habilidades cognitivas, como reconhecer números e padrões e até calcular estimativas, podem ser aprendidas. 

2. Incentivam a interação social: a maioria dos jogos é projetada para ser jogada em grupo, isso ajuda a evitar a solidão e a construir relações positivas. 

3. Promovem a reunião em família: alguns jogos são desenhados especialmente para serem jogados em família. Essa é uma grande oportunidade para todos se reunirem e participarem de algo juntos, longe de TVs, celulares ou tablets. 

4. Reduzem a ansiedade: jogar ajuda a manter o equilíbrio mental e a relaxar. Isso porque os jogos promovem a imaginação, sendo possível se envolver na narrativa que está sendo criada, como construir civilizações ou ferrovias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares