Campanha AACD Teleton 2021

Cursos Mecânica Online

quinta-feira, 10 de junho de 2021

[BLÁDOBLEH] A busca do equilíbrio entre os trabalhos remoto e presencial




Evandro Ernani de Oliveira*

Vimos o home office explodir com o distanciamento social provocado pela pandemia de Covid-19 a partir de março de 2020. Algumas empresas já ofereciam esta possibilidade de trabalho e seus gestores tiveram que aperfeiçoar seus métodos e aquelas que não possuíam esta estrutura foram surpreendidas, pois de uma hora para outra passaram a viver sobre um contexto totalmente inesperado.

A pandemia e a necessidade do home office mostrou que grande parte das empresas e dos profissionais não se preparam para cenários de exceções, emergências ou alterações, mesmo que simples, nas dinâmicas de trabalho.

O trabalho remoto trouxe um aumento na troca de informações, dados e reuniões dependentes do mundo virtual e consequentemente da tecnologia. Com isso pudemos observar um aumento exponencial na demanda por profissionais de TI, tanto para que as empresas pudessem manter seus times e negócios operando, como também para que pudessem se reinventar e buscar a tão conhecida transformação digital. Com tudo isso, observamos uma explosão na busca de profissionais trabalhando 100% remoto para qualquer lugar do país ou do mundo.

Trabalhar remotamente tem muitas vantagens e para alguns profissionais foi possível realizar o sonho de trabalhar em empresas com sede em outros países ou mesmo em outros estados, participar de reuniões e tudo que for inerente ao trabalho estando em casa ou em qualquer outro lugar.

Por outro lado, o ambiente de trabalho é um fenômeno social muito importante, pois as pausas para o café, as conversas sobre assuntos, as reuniões presenciais são para manter o fluxo do trabalho.

O ambiente de trabalho é fundamental para as pessoas criarem vínculos, laços e amizades. E muitas delas fazem amizades profundas advindas do dia a dia dentro de um escritório.

Recentemente Gregory Barber escreveu no site WIRED (https://www.wired.com/story/work-going-remote-why-big-tech-building/) que, embora empresas como Google, Facebook e outras prometem mais flexibilidade para que seus colaboradores trabalhem em casa, elas estão ampliando seus investimentos para terem mais escritórios.

Acredito que o equilíbrio para esta nova realidade esteja num modelo híbrido. Conseguir equilibrar as vantagens do trabalho remoto, como aumento na produtividade, redução de custos, redução do estresse e flexibilidade de horários com as vantagens do trabalho presencial, como uma melhor criação e convivência social.

Acima de tudo, é importante colocar em primeiro lugar a saúde mental dos colaboradores, verificar se eles estão confortáveis com o trabalho remoto ou presencial e colocar a empresa ao seu lado para ajudar a reduzir possíveis desgastes.

Independente da forma de trabalho, seja ela remota, presencial ou híbrida, a Becomex vai continuar contribuindo para o aumento da competitividade das empresas, possibilitando a redução dos custos tributários e mantendo o compliance.

Em 14 anos de história, trabalhamos com mais de mil grupos econômicos em mais de 40 segmentos diferentes, entre eles as maiores empresas do país. Nossos pilares são: o conhecimento multidisciplinar de nossos mais de 450 colaboradores e tecnologia avançada, desenvolvida nas nossas fábricas de software.

*Evandro Ernani de Oliveira, Gerente de Produtos da Becomex Lab. A Becomex Lab foi criada em 2018 com a missão de transformar os negócios por meio da tecnologia, com o foco na formação e desenvolvimento de novos talentos, desenvolvendo iniciativas sustentáveis e de diversidade. Ela é a responsável por toda inovação tecnológica que compõe um dos pilares da Becomex.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares